Covid-19 e a economia
Nem com a reabertura dos comércios, que seria para salvar os capitalistas, a bolsa reage positivamente. A economia está caindo aos pedaços
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
xshiller-3.jpg.pagespeed.ic.g9loej1NsC (1)
Ibovespa subiu 8,5% | Foto: Getty Images

O Dow Jones, principal índice da Bolsa de Nova York e o S&P 500 registraram a maior queda percentual desde meados de março. Dow Jones sofreu um tombo de  6,9%, enquanto o S&P, mais amplo, perdeu 5,89%. A Bolsa eletrônica Nasdaq recuou 5,27%. Pesaram as preocupações com uma segunda onda do novo coronavírus, depois de alertas preocupantes do Federal Reserve (Fed, o BC americano), na véspera.

A crise capitalista é iminente e o mercado americano não consegue se recuperar com tamanha retração vivida pelo resultado da pandemia mundial. Agora, a situação piora ainda mais, com a ameaça de uma segunda onda de contágios que pode ser gerada pela reabertura dos comércios, e tudo isso, vejam só, para salvar os próprios capitalistas.

Após alguns dias de otimismo besta, vindo das propagandas dda vendedores da bolsa no Youtube, tentando enganar os incautos a apostarem na falência, as altas voltaram com tudo, e, mesmo com a reabertura do comércio nos principais países do mundo a queda foi brusca.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas