Contra o golpe
Deputados do Movimento ao Socialismo (MAS), partido do presidente deposto Evo Morales, se estabeleceram na Assembléia Legislativa da Bolívia e anunciaram uma greve de fome
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
sergio-choque-1-600x400 (1) (1)
Sérgio Choque. Reprodução |

Da redação – Segundo informações do jornal Russia Today, nesta quinta-feira (14), deputados do Movimento al Socialismo (MAS), partido de Evo Morales, que foi deposto pelo golpe militar, “se estabeleceram na Assembléia Legislativa Plurinacional da Bolívia e anunciaram uma greve de fome”.

“O quorum correspondente foi estabelecido com 74 parlamentares presentes e até um deputado da oposição”, disse o parlamentar Sergio Choque, eleito como o novo presidente da Câmara nas primeiras horas da quinta-feira.

Trata-se de mais uma manifestação de repúdio contra o golpe de Estado. Além disso, o país está vivenciando uma série de manifestações contra o golpe de Estado, com a greve geral convocada pela Central Obrera Boliviana (COB).

Desde o dia que deram o golpe, trabalhadores estão reagindo contra os ataques dos golpistas. Em El Alto se estabeleceu um foco de resistência contra os golpistas. Na cidade operária, na quarta-feira (13), milhares de trabalhadores tomaram as ruas. O mesmo aconteceu na capital, La Paz.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas