La Paz
Após cinco dias consecutivos de manifestações, manifestantes pedem a renúncia de Jeanine Añez e a volta de Evo Morales à presidência.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
EJbqCnxXsAEO_l4
Manifestantes pedem renuncia de Añez. Foto: Telesur |

Da redação – Na cidade de La Paz, capital da Bolívia, uma multidão continua reunida nesta sexta-feira (15) pedindo respeito à Constituição do país, no quinto dia de mobilização consecutiva contra o golpe de Estado que derrubou o presidente Evo Morales, obrigando-o, através de ameaças, a renunciar.

Os bolivianos estão exigindo a renuncia da presidente golpista, Jeanine Áñez, que por meio de uma manobra se autoproclamou presidente da república. Muitos estão vindo das zonas rurais da Bolívia e se juntando aos operários de El Alto, que foram para a capital para lutar contra o golpe.

Os manifestantes do campo, dentre os quais muitos integram organizações camponesas, disseram que não enviarão alimentos à cidade até que se “restaure a democracia no país”. Ademais, na cidade, começa a faltar combustível diante da ação dos manifestantes.

Os manifestantes denunciam que a presidente autoproclamada, Jeanine Áñez, apoiada pela polícia e os militares, estabeleceu um regime institucional e pedem a volta de Evo Morales à presidência, que recentemente afirmou que não participaria de novas eleições, buscando um acordo com os golpistas para “restabelecer a paz”. Entretanto, a política de acordos apenas levará à derrota do movimento contra o golpe. É preciso impulsionar as mobilizações contra a direita, nas ruas.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas