Dia 18, voltar às ruas por Fora Bolsonaro e todos os golpistas

Formação Política

“Bolchevismo e stalinismo”: começam os cursos da Escola Marxista

PCO promove cursos regionais de formação marxista.

Reprodução da plataforma Escola Marxista – Foto: Reprodução

O stalinismo

Em 1917 o povo russo levou a cabo a mais importante revolução da História da humanidade. Sofrendo as agruras da Primeira Guerra Mundial, um povo empobrecido de um país atrasado em seu desenvolvimento industrial foi capaz de se levantar em armas e superar a exploração de classes e opressão imposta pelo regime czarista. Esta revolução não se deu ao acaso, foi o resultado da aplicação do método marxista com quase um século de amadurecimento. No entanto, com poucos anos o movimento contrarrevolucionário se instala no poder e gradualmente põe fim no que poderia ter sido o aríete da revolução mundial.

Formação política do PCO

O Partido da Causa Operária (PCO) tem como espinha dorsal de sua atuação política uma militância aguerrida e com forte base ideológica. Isso só é possível porque desde sua fundação o partido prioriza a formação política através de cursos de abrangência nacional promovidos pela Universidade Marxista. Estes cursos ocorrem semestralmente e abordam os temas mais relevantes do marxismo. O último tema abordado foi justamente o Stalinismo, que trata do movimento contrarrevolucionário liderado por Josef Stalin que assassinou os líderes bolcheviques e resultaria mais tarde nos maiores desastres do movimento operário mundial e levaria ao fim da União Soviética décadas mais tarde. Este curso foi ministrado pelo companheiro Rui Costa Pimenta e teve uma audiência de mais de 1200 pessoas, entre militantes do partido e simpatizantes.

Um curso regional

Os cursos da Universidade Marxista são explorados com grande profundidade em 40 horas aulas. São disponibilizados textos exclusivos, muitos dos quais traduzidos por militantes do partido. Para aumentar a alcance destes cursos o partido está promovendo um curso derivado, ministrado regionalmente, de conteúdo reduzido, mas não menos consistente, o que chamamos de Escola Marxista. O curso será dado em um único dia, de forma híbrida, ou seja, com alunos presenciais e remotos por meio da plataforma Zoom. Além disso, o curso contará com um texto exclusivo, editado especialmente para ele, o livro “Bolchevismo e Stalinismo”, de Leon Trótski.

Relevância do tema na atualidade

O tema do estalinismo é mais atual do que nunca, nesse momento em que a esquerda brasileira vacila em adotar uma política própria e combativa, mesmo diante da maior crise que já se abateu sobre o capitalismo e sua face mais cruel, o imperialismo. As especulações em torno de uma frente ampla que ressuscite cadáveres políticos sepultados pelo povo como Ciro Gomes, FHC e muitos outros só podem ser atribuídos à falta de conhecimento histórico e do método marxista, o que ressalta a importância de um curso sobre o stalinismo.

Onde, quando e como.

O curso da Escola Marxista está com inscrições abertas em https://escolamarxista.pco.org.br/ por um valor simbólico de R$ 10,00. Aqueles que adquirirem o livro por R$ 35,00 não precisarão pagar a taxa. Não perca tempo e faça sua inscrição agora mesmo e junte-se a milhares companheiros que se armam do conhecimento na luta por uma revolução. Os cursos ocorrerão em um sábado ou domingo na sua cidade. Veja na tabela abaixo o dia e horário do curso na sua cidade.

ACNorte18/04/21
ALMaceió/Aracaju12/06/2115h
BAFeira de Santana e Interior05/06/2115h
BAPorto Seguro06/06/2115h
BASalvador18/04/2115h
CEFortaleza17/04/2115h
CEJuazeiro do Norte27/06/2115h
DFCeilândia19/06/21
DFCidade Ocidental17/04/2116h
DFGoiânia26/06/21
DFJuventude17/04/2118h
DFPlanaltina27/03/21
DFPlano piloto12/06/21
ESVitória18/04/2118h
MASão Luís24/04/2115h
MGBelo Horizonte13/06/2117h
MGSão João Del Rei17/04/2115h
MGUberaba12/06/2115h
MSCampo Grande18/04/2115h
MTCuiabá17/04/2115h
PBCampina Grande20/06/2115h
PBJoão Pessoa19/06/2115h
PEOlinda13/06/2115h
PERecife25/04/2115h
PITeresina24/04/2115h
PRCuritiba25/04/2115h
PRParanaguá24/04/2119h
PRParanavaí25/04/2115h
RJCampos dos Goytacazes18/04/2116h
RJNova Friburgo05/06/2117h
RJNova Iguaçu13/06/2113h
RJRio de Janeiro19/06/2114h
RJSão Gonçalo25/04/2114h
RJVolta Redonda24/04/2115h
RNNatal26/06/2115h
RSPorto Alegre17/04/2115h
RSRio Grande18/04/2115h
RSSão Miguel Das Missões24/04/2115h
SCBlumenau24/04/2115h
SCFlorianópolis17/04/2115h
SCLages18/04/2115h
SPAraraquara27/06/2115h
SPBauru17/04/2118h
SPCampinas24/04/21
SPMarília27/06/2115h
SPMauá26/06/2115h
SPRibeirão Preto17/04/2118h
SPSanto André26/06/2115h
SPSão Bernardo do Campo26/06/2115h
SPSão Paulo – Zona Leste18/04/2115h
SPSão Paulo – Zona Norte18/04/2115h
SPSão Paulo – Zona Oeste17/04/2116h
SPVale do Paraíba18/04/2115h
EUR/ANEm25/04/2114h
EUR/ANEm18/04/2114h

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.