Blumenau: golpistas do PSDB acabam com o FGTS dos servidores municipais temporários (ACTs)

blumenau (1)

Da redação – A Câmara de Vereadores de Blumenau aprovou na manhã desta segunda-feira (3) o projeto de lei do Executivo golpista que acaba com o pagamento de FGTS aos servidores municipais contratados como Admitidos em Caráter Temporário (ACTs).

A proposta já havia sido colocada em pauta na sessão de quinta-feira passada, porém, recebendo um grande protesto dos servidores que lotaram o plenário para pedir a reprovação da ideia, o projeto inimigo dos trabalhadores foi retirado da pauta. Na ocasião, a prefeitura emitiu uma nota informando que retiraria o caráter de urgência da proposta e que pretendia “ampliar a discussão no Legislativo sobre o projeto”.

A forma de “ampliar a discussão” veio nesta segunda-feira, na típica ação desses direitistas quando são derrotados pelo povo: sem debate e em sessão extraordinária. Como são golpistas bem treinados, o PSDB aproveitou a sessão, que seria para aprovar a redação final de projetos já votados na quinta-feira, e uma medida de suplementação de recursos, vindo através do vereador líder do governo, o tucano Alexandre Matias (PSDB), pedindo a votação em regime urgentíssimo.

A proposta foi levada à votação em comissões internas e depois no plenário, onde foi aprovada por 7 votos a 6. O voto de desempate foi do presidente em exercício da Câmara, Almir Vieira (PP).

Para esses golpistas o poder não emana do povo e a Constituição não serve de nada.