Crise só para os pobres
Enquanto a população mundial padece pelo desemprego e pela fome , 623 bilionários doa EUA tiveram suas fortunas aumentadas em 434 bilhões de dólares em plena pandemia
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
size_960_16_9_jeff-bezos53
Jeff Bezos: uma dos 5 mais ricos do mundo. Foto: (Mario Tama/Getty Images) |

Enquanto a crise causada pela pandemia do novo Coronavirus mata milhares por falta de assistência médica e por fome no mundo, para um grupo não existe crise econômica . São os bilionários dos EUA, que ficaram ainda 434 bilhões de dólares mais ricos desde o começo de março enquanto a economia dos governos afunda.  É o que revela uma pesquisa publicada pelas organizações  americanas Americans for Tax Fairness e Institute for Policy Studies e divulgada pelo site Business Insider.

A fortuna total de  623 bilionários dos EUA passou de 2,9 trilhões de dólares para 3,3 trilhões no período. Entre eles estão Jeff Bezos, Bill Gates, Mark Zuckerberg, Warren Buffett e Larry Ellison faturaram 75,5 bilhões nesse período.

Para os bilionários crise dá lucro

 

 

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas