Aqui não se fala mal do futebol brasileiro

Imperialismo

Biden quer boicotar olímpiadas de inverno na China

Comissão estadunidense pede a Joe Biden, presidente dos EUA, que boicote as Olímpiadas de Inverno da China em 2022.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Presidente Joe Biden, dos Estados Unidos, e Xi Jinping, presidente da China. –

Publicidade

A Comissão de Liberdade Religiosa Internacional dos Estados Unidos, nesta última semana, pediu ao presidente Joe Biden para que o mesmo boicotasse as Olímpiadas de Inverno da China em 2022. Sob falsos pretextos de perseguição religiosa da China contra os uigures – grupo muçulmano chinês, a comissão pediu para que o presidente não envie representantes para a Olímpiada, que acontecerá no ano que vem.

O fato vem sendo utilizado politicamente pelos Estados Unidos já a algum tempo, de forma que o governo norte-americano classificou a suposta perseguição como “genocídio”. Biden já afirmou, mais de uma vez, que existe a possibilidade de que nenhum atleta de seu país participe da competição. Segundo reportagem do portal Brasil 247, no mesmo relatório em que pede boicote à Olimpíada de Inverno na China, a comissão defende que os EUA continuem a impor sanções financeiras e de vistos direcionadas a agências governamentais chinesas e funcionários responsáveis ​​por “violações sistemáticas, contínuas e flagrantes” à liberdade religiosa.

Os Estados Unidos vem atacando a China por todos os lados. A burguesia norte-americana quer, de toda forma, que Biden impeça o acontecimento do evento. Não obstante, os mesmos vêm, reiteradamente, tentando, também, banir atletas russos nas olímpiadas do Japão que ocorrerão este ano. Como denunciado pelo Diário Causa Operária durante os últimos meses. A decadência do imperialismo mundial, sobretudo o norte-americano, é evidente.

Desde o começo de seu governo, Joe Biden (ou o “mal menor” segundo a burguesia) vem ameaçando econômica e militarmente tanto a Rússia quanto a China, no intuito de unificar seu país no melhor estilo americano – através de uma guerra “justificada” contra algum país pobre. Entretanto, como vimos no caso da guerra contra a Síria, a Rússia e a China não estão mais caindo no jogo político dos presidentes estadunidenses. Neste caso, em específico, a Rússia não só ajudou, como também garantiu a vitória do povo Sírio contra os norte-americanos – fatos que os mesmos jamais admitem, como no caso do Vietnã.

Isso explica porque o boicote econômico que os EUA promovem contra a Rússia e China não tem mais sido suficiente para evitar o desenvolvimento destes como potências regionais, que ameaçam, por essa soma de fatores, a dominação do imperialismo mundial. É um fato que, na impossibilidade do imperialismo manter seu domínio através do nível atual de agressão aos demais países, o governo Biden está dando cabo à uma ofensiva que tem como objetivo recolocar a dominação dos EUA ao resto do mundo e em cima dos cadáveres dos países opositores ao seu governo.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.