EUA contra o mundo
O novo presidente eleito dos EUA explicita sua vontade em fazer do gigante asiático um inimigo mortal.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Democratic U.S. presidential nominee Joe Biden smiles as he speaks about the results of the 2020 U.S. presidential election during an appearance in Wilmington, Delaware, U.S., November 4, 2020. REUTERS/Kevin Lamarque     TPX IMAGES OF THE DAY
Joe Biden, o novo presidente eleito dos EUA | Reprodução

Em meio aos conflitos políticos e econômicos entre o imperialismo ianque e a China, o novo presidente eleito dos EUA explicita sua vontade em fazer do gigante asiático um inimigo mortal.

“À medida que competimos com a China para responsabilizar o governo chinês por abusos no comércio, tecnologia, direitos humanos e outras frentes, nossa posição será muito mais forte quando formarmos uma coalizão de parceiros com ideias semelhantes e aliados que fazem causa comum conosco. em defesa dos nossos interesses e dos nossos valores partilhados”, disse Biden.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas