Siga o DCO nas redes sociais

Belo Monte: Lava Jato ataca, com o apoio da esquerda, o que seria a maior hidrelétrica do País
Belo Monte: Lava Jato ataca, com o apoio da esquerda, o que seria a maior hidrelétrica do País

Um dos principais objetivos da operação da Polícia Federal chamada de Lava Jato é destruir completamente a indústria nacional e as maiores empresas e patrimônios nacionais. Esse é o projeto do imperialismo para transformar o Brasil em um Iraque. Por isso o golpe de Estado.

A Procuradoria da República, baseada em delações super premiadas de empresários que ha décadas realizam negócios escusos com a burocracia estatal – como é próprio de todo governo capitalista – acusou o ex-ministro da ditadura militar, Delfim Netto, de ter recebido 10% de uma negociação entre as empreiteiras, com o PT e o PMDB, que ficariam com 45% cada, para que a Usina de Belo Monte fosse construída.

Essa usina foi alvo, também, de duros ataques da esquerda pequeno burguesa, que a consideraram um gigantesco ataque contra a biologia local, sendo sua construção alvo de constantes protestos da esquerda ainda durante o governo PT.

Agora, que o PT já foi derrubado pela direita, essa mesma direita, lacaia dos gringos, quer embargar a usina para, claro está, entregar todo aquele patrimônio para as grandes empresas internacionais do ramo.

É isso que explica o que está acontecendo com a Belo Monte. Não tem nada a ver com combate a corrupção ou qualquer outra argumentação apresentada pela imprensa burguesa. Estão vendendo todo o País e prendendo todos os políticos ligados a burguesia nacional e local.