Menu da Rede

"Lockdown"

Belém teve 2,5 mil pessoas retiradas das praias no fim de semana

Sob pretexto do isolamento social, guarda atuou de maneira bastante intensa no sábado e no domingo

Tempo de Leitura: < 1

Guarda municipal na praia do Mosqueiro – Foto: Thaís Veiga / Guarda Municipal de Belém)

Publicidade

No último fim de semana (4 e 5), cerca de 2,5 mil pessoas foram retiradas das praias de Belém, capital do Pará, pela guarda municipal da cidade. A operação aconteceu nas praias de Mosqueiro, Cotijuba e Outeiro. O pretexto são as medidas restritivas tomadas em meio à pandemia de coronavírus.

Apesar de a direita, por meio do governador Helder Barbalho (MDB) do prefeito Zenaldo Coutinho (PSDB), estarem promovendo a reabertura da economia, as medidas de isolamento forçado continuam em vigor. O uso de máscaras continua sendo obrigado, sob multa de R$150 para quem descumprir a medida.

Como se vê na reabertura que está sendo promovida, a direita não está minimamente interessada em conter o coronavírus. As únicas medidas que estão sendo tomadas para forçar algum tipo de isolamento servem, ao mesmo tempo, para aumentar o poder do aparato de repressão. No início de maio, dezenas de pessoas foram reprimidas, sob o pretexto da pandemia, por organizarem um ato contra o fascismo.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Populares na Rede
[wpp range="last24h" limit="3"]
NA COTV

Clima de radicalização agita o Peru - O Mundo em 1 Hora (Reprise)

247 Visualizações 104 minutos Atrás

Watch Now

Send this to a friend