Explosão em Beirute
Segundo relatado anteriormente pela agência de notícias oficial do estado NNA, o incidente ocorreu na área portuária da capital libanesa.
Homem ferido após as explosões na capital libanesa | Créditos: Anwar Amro / AFP
Homem ferido após as explosões na capital libanesa | Créditos: Anwar Amro / AFP
De acordo com Marwan Abboud, governador de Beirute, capital do Líbano, as explosões que ocorreram nessa terça-feira, 4, afetaram aproximadamente metade da cidade. Ainda segundo Abboud, o incidente foi “um desastre nacional como Hiroshima”.
Segundo relatado anteriormente pela agência de notícias oficial do estado NNA, o incidente ocorreu na área portuária da capital libanesa, em uma seção que armazena materiais altamente explosivos, e não apenas explosivos.  Embora as investigações estejam no início, fontes próximas ao movimento libanês Hezbollah disseram à rede libanesa OTV que informações acerca de um suposto ataque israelense contra seu armazém de armas no porto de Beirute são falsas. Sabe-se, portanto, que até agora 27 pessoas morreram e mais de 2.500 ficaram feridas, afirmou o ministro da Saúde do Líbano, Hamad Hasan. Todavia, o número de mortos pode aumentar devido à gravidade dos feridos. Em todo caso, as autoridades libanesas fizeram um apelo a todos os cidadãos a irem aos hospitais de Beirute doar sangue de todos os grupos sanguíneos, tendo em vista o grande número de feridos.

Relacionadas
Send this to a friend