Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Após um ano da morte da estudante, Maria Eduarda Alves da Conceição, no Rio de Janeiro por tiros disparados por policiais do 41º Batalhão da Policia Militar, o batalhão que hoje carrega o apelido cruel de “batalhão da morte”, mas que condiz estritamente com a realidade pregada pela ação de massacre aplicada pelo mesmo contra a população presente nas comunidades em que atuam.

O batalhão está entre um dos mais letais do estado do Rio de Janeiro, contabilizando números exorbitantes para um único batalhão, não é à toa que o chamam de batalhão da morte. Casos como o da estudante de apenas 13 anos morta dentro da própria escola, denota o caráter fascista dessa corporação que possui uma única função: o massacre da população pobre e negra do país.

Fato é que no cenário atual o batalhão mantém seu padrão, demonstrando que o acontecido no ano anterior foi apenas mais um para a lista de atrocidades que estão na conta desse grande aparato repressor do estado burguês. Mas que, justamente evidencia e é preciso reforçar para que serve de fato a policia militar: uma maquina de matar a população pobre e  negra de maneira irrestrita. Quase desde a totalidade de sua existência o batalhão já somava números altos de morte nas áreas em que atuavam: Irajá, Pavuna, Vicente de Carvalho e Costa Barros, em dados acerca do mês de janeiro, ficou demonstrado que 41% das mortes violentas nessas localidades foram de autoria do 41º batalhão.

A mais recente denúncia contra o batalhão da morte, fora justamente de Marielle Franco, vereadora do PSOL que foi executada no último dia 14 de março quatro dias logo após denunciar a morte de jovens pelo batalhão. Não há outra forma de descrever a maneira como essa corporação funciona e age diante da população. É preciso ter claro, e se posicionar contra a ação dos militares no Rio de Janeiro, impedir o prosseguimento da intervenção iniciada em fevereiro, pôr fim a essa instituição que somente serve para o massacre direto da população.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas