“Basta de privilégios!”, neste 7 de setembro acontece o 24º Grito dos Excluídos

grito dos excluidos

Da redação – Como não poderia deixar de ser, e em consonância com a realidade que o Brasil está vivendo, o 24º Grito do Excluídos desse ano traz como tema: Desigualdade gera violência, Basta de privilégios.

Essa manifestação idealizada e realizada pela Igreja Católica, serve como canal para que a esquerda esclareça a população sobre as reais motivações políticas e econômicas por trás do golpe de Estado dado em Dilma Rousseff em 2016.

Devemos também aproveitar para denunciar de todas as maneiras o golpe de Estado e as consequências das ações dos golpistas para a população mais pobre, e não só, mas principalmente para ela.

Fazer ver que a desigualdade e os privilégios, tema dessa campanha, não decorrem apenas de um momento econômico ou da ação de um governo específico, mas principalmente de que ela advém do sistema político e econômico injusto e concentrador de riquezas, ou seja, do capitalismo.

Com o golpe essa desigualdade irá aumentar, o capitalismo em decadência precisa intensificar a exploração, tanto da mão de obra quanto das riquezas minerais e produtivas existentes no país e canalizar o lucro para os países imperialistas.

O Grito dos Excluídos irá acontecer em praticamente todas as capitais e em várias outras cidades do país, por isso o importante é levar a mensagem do PCO à população, fazer campanha contra o golpe e o direito de Lula concorrer as eleições de 2018 etc.

O jornal Causa Operária é importantíssimo material para divulgação da política do partido e de seu pensamento marxista.

Apesar de ser uma atividade de origem religiosa não devemos nos intimidar por isso, lembrando que a ação nesse dia busca chamar as pessoas a mobilização independentemente de sua crença religiosa.