Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
correios
|

Os sindicalistas do Bando dos Quatro, ligado ao PT, PSTU e a diretoria do Sintect-MG – LPS  que dirigem a Fentect (Federação Nacional dos Trabalhadores dos Correios) aprovaram o reajuste miserável de 8% na campanha salarial de 2018/2019.

Os sindicalistas do Bando dos Quatro, que na campanha passada entregaram o plano de saúde da categoria, ao aceitar que a cláusula do plano de saúde ficasse fora do acordo coletivo, e fosse decidido pelos ministros do TST (Tribunal Superior do Trabalho), simplesmente aumentaram o custo de vida da categoria.

Com a implementação de mensalidades no plano de saúde, por ordem do TST, os trabalhadores perderam mais de 15% dos salários para pagarem os custos com esse plano.

Só por isso, os trabalhadores não deveriam aceitar apresentar essa migalha de 8% de reajuste para direção da ECT, exigindo muito mais para repor esse prejuízo, ainda mais quando a direção da ECT apresentou que no ano de 2017 os Correios tiveram lucro de 667 milhões de reais.

O Bloco de Oposição Classista, formado pelo PCO, Intersindical e Unidade Classista apresentou um reajuste que recomponha a inflação da período e mais 20% de aumento real, no entanto, as bancadas do Bando dos Quatro, ligado ao PT, ao PSTU/Conlutas e da diretoria do Sintect-MG seguiram seus líderes e votaram na menor proposta.

Mostrando que os trabalhadores já vão entrar na campanha salarial mendigando aumentando salarial para que a direção golpistas da ECT possa tripudiar sobre nossas cabeças.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas