Demissões em massa
Entre 2013 e 2020, os bancos demitiram no Brasil 78,1 mil trabalhadores. Somente em outubro deste ano (2020) foram 5,6 mil demissões

Por: Redação do Diário Causa Operária

De acordo com levantamento feito pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), com base nos dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do Ministério da Economia, publicado pela Folha de S. Paulo, os bancos extinguiram 78.155 postos de janeiro de 2013 a outubro de 2020.

O destaque foi para 2016, que encerrou com 20,6 mil desligamentos a mais do que contratações. Nos primeiros dez meses de 2020, o segmento conta com um saldo negativo de 8.086 vagas, sendo 13,7 mil contratados contra 21,8 mil desligados no período. O pior mês foi o de outubro que indicou que 6,8 mil postos de trabalho foram fechados e apenas 1,3 mil contratos, um saldo negativo de  5,6 mil demissões.

Send this to a friend