7339077_x720
|

A direção golpista do Banco Regional de Brasília (BRB), dando continuidade à política de sucateamento da empresa com vista à privatização, para de fornecer o tradicional pão com manteiga aos seus funcionários.

O argumento distracionista da direção do banco é que as padarias não estão aptas com as documentações necessárias para participarem da licitação com o objetivo de fornecer os produtos, tais como pão, café e leite.

Tal justificativa é uma verdadeira piada, papo furado para boi dormir. Se realmente fosse verdade, como os demais bancos em Brasília fornecem os mesmos serviços aos seus funcionários? É óbvio que a justificativa da direção do BRB é mais um artifício para cortar o benefício dos trabalhadores e dos clientes (o cafezinho que era servido nas agências também foi cortado) parte da política do governo golpista/fascista, Ibaneis Rocha, para aumentar o nível de sucateamento que sofre o banco e entregar de mão beijada o patrimônio do povo de Brasília para os banqueiros nacionais e internacionais.

A instituição BRB nos últimos anos, tanto no governo passado, do golpista Rodrigo Rollemberg (PSB), quanto do atual governo, do também golpista Ibaneis Rocha (MDB), vem passando por uma ofensiva direitista que tenta a todo o custo privatizar o banco, vide as recentes denúncias de favorecimento de empresas vinculadas à diretoria para macular a imagem do banco com o objetivo do setor bancário privado tomem de assalto os bancos públicos.

Os bancários do BRB não devem aceitar mais esse ataque da direção do banco, que vem a cada dia aprofundando a política de escravidão aos trabalhadores e sucateando a empresa preparando o banco para entregar para os abutres capitalistas.

 

 

Relacionadas