Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

As chefias das agências do Banco do Brasil, por determinação da direção golpista do banco, estão obrigando os trabalhadores que exercem a função de caixa a vender produtos através de ameaças.

Os funcionários do PSO (Plataforma de Suporte Operacional) que exercem a função de caixa executivo denunciam as chefias das agências que estão ameaçando os caixa que não cumprirem as metas estabelecidas pela superintendência do banco. Segundo os trabalhadores as ameaças vão desde o prejuízo na ascensão da carreira ou até mesmo a perda da comissão.

Os caixa estão sendo submetidos a um regime de escravidão na s agências, além de ter que enfrentar filas intermináveis devido à falta de pessoal – o BB reduziu recentemente o quadro funcional da empresa colocando para fora cerca de 10 mil trabalhadores – estão sendo obrigados a interromper o atendimento dos clientes nas filas para vender produtos, tais como CDC (crédito direto ao consumidor), produtos de capitalização, seguros, cartões de crédito, etc., e com isso vem gerando revolta dos clientes que estão na fila para serem atendidos pelo caixa, já que o número de caixa atendendo é muito reduzido,

Os acordos que são feitos dentro do processo de negociação permanente previsto no Acordo Coletivo de Trabalho(ACT) é apenas para enganar os mais incautos. O banco se compromete na mesa que individualmente o caixa não será obrigado a vender produtos, na prática o que se verifica é o contrário. A venda é uma obrigação senão virá a retaliação.

Os bancários não devem aceitar mais esse ataque da direção golpista do banco que vem, a cada dia, aprofundando a política de escravidão aos trabalhadores bancários do Banco do Brasil.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas