Siga o DCO nas redes sociais

À beira da crise total
Banco Central da Alemanha admite recessão
naom_539857d1de1d5
À beira da crise total
Banco Central da Alemanha admite recessão
naom_539857d1de1d5

Nesta segunda-feira (19), o Bundesbank, Banco Central da Alemanha, admitiu que a economia alemã pode ter continuado a encolher por decorrência da escassez de pedidos, o que ocasionou também a queda da produção industrial.

Com a política de guerra comercial travada pelo imperialismo contra as economias nacionalistas, a crise política europeia e a queda nas exportações, o crescimento alemão contraiu no segundo trimestre.

O Bundesbank, em relatório, alertou para as chances da economia nacional entrar em recessão.

A Alemanha, maior potência industrial, com esta projeção, cai pelo segundo trimestre consecutivo.

O fato de economistas burgueses internacionais reconhecerem que a crise está tornando-se cada vez mais aguda é mais uma prova do caráter moribundo do sistema capitalista. Os países imperialistas, que propagam guerras e devastam países atrasados já não conseguem, mesmo assim, continuar estáveis.