Mobilizando contra a crise
Em todo o País, militantes dos Comitês de Luta e do PCO vão aos bairros populares fazer campanha e propor a criação de Conselhos
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
mutirão vargem grande
Militantes da juventude do PCO conversam com moradores na zona sul paulistana. Foto: DCO |
Companheiros do Comitês de Luta panfletam em Campinas

Diante da gravidade da crise provocada pelo novo coronavírus, e do despreparo dos poderes públicos para combatê-la, os Comitês de Luta e o PCO expandiram no último fim de semana, os tradicionais mutirões, desta feita nos bairros populares, com o objetivo de mobilizar a população pelo Fora Bolsonaro e na defesa das reivindicações populares diante da pandemia do coronavírus que ameaça matar centenas de milhares de pessoas em todo o País.

A iniciativa é da maior importância no momento em que  os trabalhadores estão sendo deixados totalmente à própria sorte pela política do governo fascista de Jair Bolsonaro e seus ministros. Além disso, os governadores, despreparados, adotam medidas desesperadas e totalmente insuficiente, isso quando não atacam diretamente a população, como no caso do corte do Passe Livre para os estudantes no Rio de Janeiro.

Conversando compradores em Mauá, no ABC paulista
Visitas, no Paraná

No domingo (29), foram realizadas  atividades, com militantes indo de casa em casa, em dezenas de localidades, principalmente nas capitais de todas as regiões do País, mas também cidades do interior, como forma de esclarecer população e fortalecer a organização dos trabalhadores na luta contra a direita, com a formação de Conselhos Populares de Saúde.

De casa em casa, em Cuiabá

Estes conselhos têm como intuito gerar um esquema de organização própria dos trabalhadores contra o coronavírus; a política dos golpistas é justamente tirar do povo para dar aos capitalistas, como Bolsonaro fez ao anunciar trilhões para os bancos e nenhuma medida efetiva – apenas esmolas – para ajudar os trabalhadores que estão sendo afetados pela crise.