Coronavírus
Número de casos e óbitos explode. Estado da Bahia encontra-se em situação bastante delicada.
anotabahia-rui-costa-e-acm-neto-selam-acordo-para-aprovar-reforma-da-previdencia-rui-costa-e-acm-neto-por-max-haack-1
Rui Costa (PT) e ACM Neto (DEM), os "científicos". | Foto: Reprodução
anotabahia-rui-costa-e-acm-neto-selam-acordo-para-aprovar-reforma-da-previdencia-rui-costa-e-acm-neto-por-max-haack-1
Rui Costa (PT) e ACM Neto (DEM), os "científicos". | Foto: Reprodução

A Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) publicou, ontem à noite, boletim informando que o estado da Bahia teve 66 novos óbitos pela COVID-19 nas últimas 24 horas. Foram registrados, também, 3.489 novos casos da doença.

Entretanto, o número mais alarmante é o de ocupação de leitos de UTIs, que já chega a 74% no estado. O número subiu de 70% para os atuais 74% em uma semana e parece não que não irá parar.

Cidades do sul da Bahia tem taxa de 95% de ocupação dos leitos. Outras cidades importantes da Bahia, como Senhor do Bonfim, chegaram a 100% de ocupação.

O governador Rui Costa (PT), que trabalha ativamente para matar alunos e professores com o retorno às aulas presenciais, se viu obrigado a fazer a única coisa que sabe, impor um toque de recolher durante das 22h às 5h. Enquanto isto, a população pobre é obrigada a trabalhar de domingo-a-domingo, pegando ônibus e metrôs lotados, sem direito algum ao isolamento social.

Relacionadas
Send this to a friend