Pandemia COVID-19
Moradores de Campos de Lurdes protestam contra chegada em alojamento da cidade de trabalhadores da Andrade Gutierrez contaminados pelo COVID-19
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
20200528_102136-1536x864
Moradores de Angico protestando | Foto: Reprodução

Cerca de 34 trabalhadores da Andrade Gutierrez, infectados pelo COVID-19, foram transferidos pela empresa de seu local de alojamento em Campo Alegre de Lurdes para fazer o isolamento em outro alojamento, no distrito de Angico.

Moradores locais de Angico se revoltaram e realizaram um protesto no local do alojamento, chegando a colocar fogo em alguns locais.

A empresa Andrade Gutierrez deveria ter paralisado as atividades, mas alegou que seus serviçoes eram essenciais e pôde continuar suas obras, o que permitiu o contágio dos trabalhadores. 35 trabalhadores foram infectados, sendo que um deles morreu.

No entanto, o alojamento não sofreu maiores danos e o fogo foi apagado.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas