Azeredo se entrega e é preso

eduardo azeredo

O tucano está na gaiola. Eduardo Azeredo, ex-governador de Minas Gerais pelo PSDB, entregou-se na tarde desta quarta-feira (23) à polícia em uma delegacia de Belo Horizonte. O tucano chegou à delegacia às 14h45, e era considerado foragido pela justiça. Sua prisão foi determinada ontem à noite, depois de rejeitado seu último recurso na segunda instância, no Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG).

Azeredo é acusado de desviar dinheiro durante a campanha ao governo de Minas em 1998, no chamado “mensalão tucano”, esquema que envolvia o PSDB mineiro. O ex-governador ficará preso em um quartel do Corpo de Bombeiros em Belo Horizonte, em uma sala especial. A condenação é de 20 anos e um mês, por lavagem de dinheiro e peculato.

Demoraram 20 anos para que Azeredo fosse condenado. Agora, antes que alguém comemore por ver um político de direita preso, em plena caça às bruxas contra partidos de esquerda, resta saber se Azeredo de fato ficará preso ou se logo estará solto, como outros comparsas do PSDB, a exemplo do que aconteceu recentemente com Paulo Preto, famoso operador tucano.