Avança a entrega da Eletrobrás

eletro

A privatização do Sistema Eletrobrás segue após entrega de quatro das suas companhias por  míseros R$ 50 mil reais cada. Com uma quantia que não pagaria nem uma casa popular, a Companhia de Eletricidade do Acre (Eletroacre), Centrais Elétricas de Rondônia (Ceron), a Boa Vista Energia (Roraima) e a Companhia Energética do Piauí (Cepisa) foram levadas pelo capital privado.  As três primeiras foram entregues no dia 30 de agosto. Já a última já havia sido vendida em 27 de julho desse ano.

O próximo passo do processo será a aprovação da  PLC 77/18, que dá ao capitalista o direito de transferir qualquer dívida da empresa para a tarifa do consumidor. O leilão da Amazonas Distribuidora de Energia (Amazonas Energia) espera a aprovação dessa PL e está marcado para o dia 26 deste mês.

Caso o PLC 77/18 seja definitivamente aprovado pelo Senado, a medida atingirá empresas do Sistema Eletrobras das Regiões Norte e Nordeste: Piauí (Cepisa), Alagoas (Ceal), Acre (Eletroacre), Roraima (Boa Vista Energia), Rondônia (Ceron) e Amazonas (Amazonas Energia). Isso implicará no aumento de tarifa para a população.

Fabíola Antezana, da direção do Sindicato dos Urbanitários do Distrito Federal (Stiu-DF) falou sobre a inacessibilidade dos golpistas diante da vontade popular: “A gente conversou com vários senadores para que essa matéria passasse por discussão nas comissões, mas não respeitaram isso e não houve debate. Os relatores apenas vieram com relatórios prontos e não chamaram mais ninguém pra debater e contrapor a proposta”.

É isso, o Congresso, o Supremo Tribunal Federal, o Governo Federal e todas as instituições burguesas golpistas já têm pauta fechada com o imperialismo. O povo precisa demontrar poder nas ruas para garantir a sua vitória sobre os golpistas. É preciso sair as ruas e lutar Contra o Golpe, contra a onda de privatizações das empresas brasileiras, pela Liberdade de Lula e por Lula Presidente.