Auxílio Emergencial
Auxílio emergencial não pode ser sacado ou transferido e beneficia grandes empresas que aceitam débito em conta.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
esmola
| Foto: autor desconhecido. Retirada da internet

O governo golpista começou no último sábado (27/6) o pagamento da terceira parcela do auxílio emergencial. O pequeno valor de R$600,00 que, conforme declaração do próprio presidente da República, tem a intensão de evitar reações revoltosas da população, é liberado em uma conta chamada de “Poupança Digital”.

Porém, o dinheiro depositado na conta não pode ser sacado e o trabalhador só pode movimentá-lo com pagamento de contas ou debitando em estabelecimentos que aceitam esse tipo de pagamento.

O governo dividiu o pagamento por mês de nascimento da pessoa. Por exemplo: quem nasceu no mês de setembro terá o dinheiro liberado na Poupança Digital amanhã (3/7), porém somente poderá sacar ou transferir para outra conta no dia 10 de setembro!

O governo faz com que o trabalhador acabe usando o dinheiro em grandes estabelecimentos, não podendo utiliza-lo, por exemplo, na feira da esquina, prejudicando os pequeníssimos comércios da população pobre.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas