Aumentar penas para lei seca não irá resolver nada. É preciso investir nos transportes

bebida volante

Como já foi denunciado neste diário em outra oportunidade, a direita golpista sempre procura uma maneira de fazer demagogia moral a favor do aumento da repressão contra o povo. Que seja em nome da mulher, dos negros, dos gays, dos animais ou qualquer outro assunto que eles vejam que comove parte da população, eles se utilizam para fazer uma campanha a favor de cada vez mais repressão.

Nesta quinta-feira (19), entrou em vigor uma nova regra que deixa mais rigorosa a lei seca, aumentando a pena para até oito anos aos motoristas embriagados que matarem alguém no trânsito. A campanha, que é feita em nome de “defesa da vida”, na verdade é apenas uma nova maneira de aumentar a repressão contra a população. Todos sabem que as leis do regime capitalista só valem para os pobres, os negros e àqueles que não façam parte do núcleo parasitário da direita.

De fato, nesse momento de golpe e de ameaça de intervenção militar, o aumento das penas é extremamente importante para as classes dominantes, já que permite uma maior facilidade de opressão à população e sustenta a política de encarceramento em massa que é levada adiante pela direita. Porém, como o demonstra a história, o aumento da repressão nunca serviu para resolver nenhum problema, pois ao invés de querer resolver a coisa pela sua origem, tratam de aumentar a pressão de uma panela que já está prestes a explodir…