Aumentam as tensões: avião militar dos EUA entra no espaço aéreo do Mar Negro

140227-F-MY082-410

Da redação – Um avião militar norte-americano entrou no espaço aéreo do Mar Negro na manhã desta segunda-feira (26).

De acordo com o portal de notícias militares ucraniano Ucrainski Militarni Portal, a aeronave partiu da base militar na ilha grega de Creta em direção à Costa da Crimeia (território russo desde 2014).

A aeronave foi identificada como um avião de reconhecimento radioeletrônico Boeing RC-135V da Força Aérea dos EUA.

No momento em que foi identificado, o avião estava sobrevoando a Bulgária.

O incidente se encaixa no contexto de acirramento da tensão entre Ucrânia e Rússia. Ontem (25), três navios de guerra ucranianos invadiram águas russas e foram capturados. Sob essa desculpa, o regime ucraniano declarou o estabelecimento da lei marcial, que deverá ser ratificado hoje pelo parlamento.

Os países da região estão seriamente preocupados com a escalada da tensão. Polônia, Romênia, Geórgia, Áustria e outras nações emitiram declarações de preocupação e tentativa de resolução pela via diplomática desse conflito.

A Rússia, na noite de ontem, convocou uma reunião extraordinária do Conselho de Segurança das Nações Unidas, que ocorre hoje, para discutir a situação.

Em 2014, houve um golpe de Estado na Ucrânia que derrubou o presidente pró-Rússia, Viktor Yanukovich, promovido pelo imperialismo norte-americano e europeu para desestabilizar a Rússia. Desde então, um regime cada vez mais direitista tem se estabelecido na Ucrânia, com o esmagamento da esquerda, a censura, o domínio de nazistas nas ruas e nas instituições e a frequente ameaça à Rússia.

A região é um dos principais focos de ameaça imperialista de guerra imperialista, o que poderia levar a uma guerra a nível mundial.