Sucessão
Com saída de Moro do governo, vaga para o STF permanece em aberto
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Brasilia DF 01 10 2019 O procurador-geral da República, Augusto Aras, preside a 8ª sessão ordinária do Conselho Superior do Ministério Público Federal (CSMPF)José Cruz/Agência Brasil
Procurador-geral da República Augusto Aras. Foto: José Cruz/Agência Brasil |

Da redação – Segundo informações do jornal golpista Folha de S.Paulo, o procurador-geral da República Augusto Aras, nomeado no fim de 2019 para o cargo pelo presidente ilegítimo Jair Bolsonaro, poderá ser o mais novo integrante do Supremo Tribunal Federal (STF). Até o fim do ano, o ministro Celso de Mello, o decano da mais alta corte do Brasil, irá ter sua aposentadoria compulsória por idade, deixando uma vaga em aberto no STF.

Segundo revelado pelo próprio presidente ilegítimo Jair Bolsonaro, a vaga estaria prometida a Sergio Moro, carrasco do ex-presidente Lula. No entanto, com a saída de Moro do governo Bolsonaro, ainda não se sabe quem será o novo ministro.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas