Censura
No dia em que Bolsonaro e Michele usam PF para censurar a esquerda, PGR usa alegações similares para atingir o mesmo fim, contra elementos mais frágeis da direita
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Brasília- DF. 25-09-2019- sabatina do indicado para Procuradoria-Geral da República, o subprocurador Augusto Aras. Foto Lula Marques
Cerco pela censura vai se fechando | Foto Lula Marques

A deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), é  alvo de investigação pelo  procurador-geral da República, Augusto Aras, que solicitou ao Supremo Tribunal Federal (STF) a abertura de inquérito contra a direitista por crimes como perfis falsos nas redes sociais e fake news contra adversários políticos.

Segundo a PGR, Hasselmann também é acusada de promover difamação, imputação de fatos ofensivos a terceiros, falsidade ideológica, pela suspeita de uso de CPFs falsos para criação de perfis em redes sociais e suposta associação criminosa.

O caso acontece no mesmo dia em que Bolsonaro usou a Polícia Federal para intimidar o candidato do Psol à prefeitura de São Paulo, baseado em alegações similares.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas