Siga o DCO nas redes sociais

Hoje, mobilizar em defesa da Venezuela: abaixo o bloqueio dos EUA
000618776-venezuela
Hoje, mobilizar em defesa da Venezuela: abaixo o bloqueio dos EUA
000618776-venezuela

O Partido da Causa Operária e Comitês de Solidariedade e defesa da Venezuela do Brasil e de todo o mundo estão convocando para hoje (dia 10), atos de protesto contra o bloqueio criminoso que o governo dos EUA está impondo contra a Venezuela. 

No Brasil, além do ato realizado ontem no Rio de Janeiro (no final da tarde, em frente ao Museu Histórico e Diplomático do Itamaraty), haverá atos hoje, em Brasília, às 11 horas, na plataforma Superior da Rodoviária Plano Piloto, e em São Paulo, às 17h, no Consulado Geral dos EUA, R. Henri Dunant, 500 – Santo Amaro.

Em caracas, haverá um ato central,  na Av. Simón Bolivar, com caravanas de todo o país à partir das 9h. O governo Maduro anunciou também que levará um Manifesto para a ONU (Organização das Nações Unidas), com milhões de assinaturas de venezuelanos em repúdio às ações norte-americanas de tentar matar o povo de fome.

Os atos representam uma importante iniciativa de solidariedade ativa e de mobilização internacional contra o imperialismo e sua ofensiva contra a Venezuela, Cuba e todo o continente latino-americano e caribenho. ante o avanço da crise capitalista, o imperialismo intensifica seus ataques, uma vez que ficou evidente que a direita golpista (mesmo com todo o apoio que recebeu do imperialismo, de governos capachos como do Brasil e da Colômbia, e de capitalistas venezuelanos) não conseguiu reverter a situação a seu favor, estando cada vez mais isolada e odiada pela maioria da população no país vizinho.

É preciso superar a covardia politica de setores da esquerda que não se mobilizam em favor da Venezuela por conta da campanha da imprensa golpista e pró-imperialista, também no Brasil, e da politica reacionária da burguesia golpista, com o a qual a esquerda busca uma aliança, em defesa dos seus próprios interesses.

Compareça e ajude a divulgar esses eventos.

Para os posts das redes alcançarem mais pessoas, compartilhe matérias sobre a Venezuela com os hashtag:

#TrumpDesbloqueaVenezuela
#TrumpUnblockVenezuela

Assista o vídeo  do presidente Nocolas Maduro, convocando o ato.

 

Nota dos Comitês do Brasil

 

Leia abaixo a Nota de Repúdio dos Comitês brasileiro contra as novas sanções anunciadas pelo presidente Donald Trump

 

O Comitê Brasileiro pela Paz na Venezuela(SP), o Comitê de Solidariedade à Revolução Bolivariana (RJ), o Comitê General Abreu e Lima de Solidariedade à Venezuela (DF), o Comitê Mineiro de Solidariedade à Revolução Bolivariana e a Associação Cultural José Marti – MG denunciam mais uma ação criminosa contra o povo venezuelano e expressam seu mais profundo repúdio às medidas recém anunciadas por parte dos governos dos EUA e do Brasil contra o Governo Bolivariano e que atentam contra a soberania e a dignidade da Venezuela.

Nos somamos às vozes que denunciam o bloqueio de 25 mil toneladas de alimentos, comprados pelo governo venezuelano para alimentar seu povo, que estão embargados no Canal do Panamá por conta das sanções econômicas e financeiras promovidas pelo imperialismo estadunidense.

Desde a eleição de Hugo Chávez que o povo venezuelano é atacado pelo imperialismo. Os Estados Unidos e suas marionetes persistem em golpear a soberania popular, dia e noite, dos nossos irmãos e irmãs bolivarianos. Conscientes e mobilizados, 1 milhão de cidadãos e cidadãs venezuelanos estão agora nas ruas, defendendo a Revolução Bolivariana e denunciando mais este ataque ao seu país, à sua paz.

O governo brasileiro, para vergonha da histórica tradição mediadora da diplomacia brasileira, atua como capacho dos EUA violando tratados e o direito internacional com o intuito único de agradar à essa política hostil norte-americana.

Seguimos em alerta e nos solidarizamos com a Revolução Bolivariana, com o povo venezuelano. Diante desta grave e criminosa realidade é de responsabilidade de todas as nações do mundo, incluindo a própria ONU e seu Conselho de Segurança, darem um basta nas ações imperialistas lideradas pelos Estados Unidos. Temos a clareza de que a crise econômica e social venezuelana só será revertida no contexto de busca pela paz na América Latina e Caribe.

Os Comitês organizados manifestam aqui apoio total ao Governo Bolivariano e à todos os povos cuja paz seja colocada em  risco pelo imperialismo estadunidense.

Fora EUA da América Latina e Caribe!
Trump desbloqueia a Venezuela!
Viva a Revolução Bolivariana!
Força ao governo de Nicolás Maduro!”

Brasília, 07 de agosto de 2019

Comitê Brasileiro pela Paz na Venezuela
Comitê de Solidariedade à Revolução Bolivariana
Comitê General Abreu e Lima de Solidariedade à Venezuela
Comitê Mineiro de Solidariedade à Revolução Bolivariana
Associação Cultural José Marti – MG