HAMBURGUER_1
SHARE
COMANDO DE GREVE

Análise Política da Semana traz uma aula de história do Brasil

Ato exige liberdade dos líderes das ocupações e presos políticos

Ontem, 24/07, dia em que completou um mês da prisão arbitrária de quatro lideranças do Movimento Sem Teto do Centro, em São Paulo, o Comitê em Defesa do Movimento Popular realizou um ato em frente ao Ministério Público do Estado de São Paulo, local onde Sidney Ferreira, Jacine Ferreira da Silva (Preta Ferreira), Ednalva Silva Ferreira e Angélica dos Santos Lima, foram indiciados e presos, outros quinze membros do movimento de ocupação também foram indiciados.

“Trata-se de prisão política”…, como disse Preta Ferreira em entrevista à Rádio Brasil Atual. “O promotor, que indiciou os 19 integrantes do movimentos dos sem tetos e prenderam Preta Ferreira, Sidney, Ednalva e Angélica foi nada mais, nada menos, que o promotor Cassio Conserino, o mesmo que denunciou, sem provas o ex-presidente Lula, no caso do Tríplex do Guarujá, litoral de São Paulo.”

Foi tirada uma comissão para tentar agendar uma audiência pública sobre essas prisões arbitrarias. Porém, a exemplo de todas as prisões políticas que vem ocorrendo ao longo dos anos no Brasil, como no caso de Luiz Inácio Lula da Silva, ex-presidente do Brasil, preso a mais de 450 dias, nada se resolveu até agora com esse judiciário golpista.

Uma frase que reflete bem essa situação foi dita no ato, qual seja: “Na hora de nos receber, são dóceis, prometem avaliar… más na pratica, a situação é bem outra”. É necessário a mobilização do conjunto da população de todo o país, dos trabalhadores, bem como todos os movimentos sociais para, em uma luta conjunta, derrotar o golpe, orquestrado pelo imperialismo norte-americano, o próprio judiciário, etc., que colocou na presidência da república o fascista Jair Bolsonaro, João Dória, governador, Bruno Covas, prefeito, ambos golpistas de São Paulo, do PSDB, principais interessados pela destruição dos movimentos sociais em São, da retirada de mais de 3.500 moradores em ocupações, somente na capital de São Paulo.

Portanto, essa luta passa pelo fora Bolsonaro; fora Doria e Fora Covas. Liberdade Para Lula, Preta Ferreira e todos os presos políticos do Brasil.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.