Sob a ditadura judicial
Acompanhando a mobilização dos setores combativos para enfrentar os fascistas, a justiça proibiu mais uma vez os protestos na Av. Paulista sob a ameça de multa R$ 200 mil.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
DSC_0051_Original
Manifestantes na Praça Roosevelt. | Foto: Lucas Dametto

Mais uma vez manifestantes de esquerda se mobilizaram na capital paulista exigindo o “Fora Bolsonaro” e o enfrentamento com a direita fascista nas ruas.

O ato ocorreu na Praça Roosevelt (Centro), a partir das 14h, e teve a participação do PCO (Partido da Causa Operária), pelos Comitês de Luta contra o golpe, por conselhos populares de São Paulo, de membros de torcidas organizadas como a Macaca Antifascista (Ponte Preta), Independente (São Paulo), Gaviôes da Fiel (Corinthians), Porcomunas e Palestra Sinistro (Palmeiras), além da Bateria Popular Zumbi dos Palmares que animou o protesto. Cerca de 300 pessoas participaram do ato.

A Polícia Militar do Governo João Dória mobilizou um grande efetivo ao redor da Praça Roosevelt e nas imediações do protesto, numa clara tentativa de intimidar os manifestantes a não se deslocarem para a Avenida Paulista, onde ocorria um ato da direita fascista esvaziado (cerca de 100 pessoas), porém protegido PM, que age como verdadeiros cães de guarda dos bolsonaristas.

Um outro grande defensor dos fascistas é a Justiça Paulista que emitiu uma decisão proibindo a manifestação de esquerda na Paulista durante esse final de semana, sob a ameaça de prisão em flagrante e de uma multa de R$200 mil para cada entidade jurídica que convocasse o ato, além da multa de R$ 5 mil para cada liderança que participasse do ato R$ 1 mil para cada pessoa física. Uma decisão ditatorial. A Justiça, num regime que se autoproclama como democrático, quer monopolizar o direito de escolher onde ,quando e como a esquerda pode protestar. Até o que pode ser utilizado pelos manifestantes a justiça e a PM resolveram censurar. Proibiram o uso debandeiras com mastro, fogos, sinalizadores assim como fazem nos estádios de futebol, onde impera uma ditadura total contra os torcedores, pois é proibido fazer qualquer tipo de manifestação, levar bandeiras etc. Para completar a ditadura, só faltou a justiça determinar o que a esquerda deve defender nos atos. Algo que a Rede Globo e a imprensa capitalista já realiza no seu jornalismo golpista.

A maior contribuição de todas para direita fascista veio da esquerda. Guilherme Boulos, a liderança do Movimento chamado de Povo sem medo (ou seria mais adequado “Povo com medo”), juntamente com setores sob sua influência no Movimento de torcidas chamado de “Somos Democracia”, fez um acordo com a arbitrariedade da justiça e com a PM para revezar o uso da Avenida Paulista com os fascistas. Ou seja, conseguiram manobrar para levar para direita um setor das torcidas, que juntamento com o PCO foram à Paulista para enfrentar os fascistas durante vários fins de semana seguidos. Assim, Guilherme Boulos posou como uma “esquerda comportada”, que não tem a intenção de criar problemas para a polícia ou para a justiça fascista. Na verdade, esses setores eram contra os protestos desde o início e resolveram aderir de última hora para controlar o movimento. Neste Domingo, para ter uma desculpa para impedir os setores de base de tomarem a Paulista e expulsarem os fascistas, marcaram um ato em brasília numa clara tentativa de colocar “panos quentes” nos protestos. A subserviência à ditadura judicial de um setor da esquerda foi o aval para esta mesma justiça determinar tais multas estratosféricas contra aqueles que querem manter a mobilização e o enfrentamento com a direita fascista.

No próximo Domingo o PCO e demais setores da esquerda e das torcidas organizadas devem tomar as ruas da Avenida Paulista novamente.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas