Aumentar as mobilizações!
O ato de sábado demonstrou a vontade da militância de esquerda de sair às ruas e enfrentar a ditadura instalada pelos golpistas, de derrubar Bolsonaro e libertar Lula
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
WhatsApp Image 2019-09-14 at 16.31.11
Militantes de todo o País foram à Curitiba pela liberdade de Lula. Foto: DCO |

O ato realizado pelos partidos, organizações e militantes de esquerda que lutam contra o golpe, realizado no último sábado (14) em Curitiba, tem de ser o primeiro de muitos a serem organizados no próximo período por todo o Brasil pela liberdade do ex-presidente Lula.

Mais de mil pessoas participaram da manifestação, que durou todo o dia, e contou com uma marcha em direção à Polícia Federal. Para atos populares, pode não ter tido uma presença massiva. No entanto, o que mais importa aí é a qualidade do ato: centenas de militantes se deslocaram de todo o território nacional para a capital paranaense, para lutar pela liberdade de Lula. E demonstraram grande disposição para se organizar e mobilizar a população.

Esse é o ponto. Nos últimos meses, têm-se visto poucos atos da esquerda contra Bolsonaro e em defesa das reivindicações populares. São atos a conta-gotas. Ora, é preciso uma campanha permanente pela derrubada de Bolsonaro, a liberdade de Lula, a anulação das últimas eleições e a convocação de novas. É mais importante que haja atos frequentes e por todos os lugares do que um único ato de massas a cada dois ou três meses. Caso contrário, não existirá uma verdadeira campanha de agitação, propaganda e organização do movimento popular.

Tal é a importância do ato realizado em Curitiba. Ele quebrou a paralisia que a esquerda caiu nos últimos tempos. Demonstrou a vontade da militância de esquerda de sair às ruas e enfrentar a ditadura instalada pelos golpistas, de derrubar Bolsonaro e libertar Lula.

Estamos no caminho de uma grande mobilização popular. Desde o início do ano são cada vez mais numerosos os atos espontâneos contra Bolsonaro e a favor da liberdade de Lula, em qualquer lugar onde possa se reunir uma multidão de pessoas. O papel das organizações de esquerda é dar um impulso para que o povo saia às ruas.

A esquerda deve trabalhar incansavelmente para que os gritos de Fora Bolsonaro e Liberdade para Lula sejam ouvidos em todo o País.

Curitiba é apenas o começo de uma grande etapa de lutas, de dimensões superiores às que vimos anteriormente.

Por parte do Partido da Causa Operária, sua militância sairá às ruas em todas as capitais do País para chamar o povo a se manifestar, até que as ruas se encham de gente pelas reivindicações populares fundamentais na etapa atual: Fora Bolsonaro! Liberdade Para Lula! Anulação das eleições fraudulentas de 2018! Eleições gerais já! Convocação de uma Assembleia Constituinte!

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas