Cobertura exclusiva
PCO foi o segundo partido de esquerda com mais interações no Facebook
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
70778653_342710719796690_136040035379052544_o
Partido cresceu nas redes com a cobertura de sua imprensa e acerto político. Foto: Mikke Nienow |

A página do Partido da Causa Operária (PCO) terminou a última semana como a segunda página com mais interações entre os partidos de esquerda do Brasil no Facebook. Com 126 mil seguidores, a página do Partido obteve um envolvimento total de 353 mil pessoas, ficando atrás apenas da página do PT, que teve um envolvimento de 410 mil, com 1,6 milhão de seguidores. O PCO ultrapassou a página do PSOL, que obteve um envolvimento de 253 mil com 467 mil seguidores.

Além disso, o alcance total das publicações da página do PCO no Facebook no dia 14 – quando ocorreu o ato em Curitiba pela liberdade de Lula – foi de 261 mil com 47 mil interações. No Youtube, a COTV alcançou 247,8 mil pessoas. O vídeo mais acessado foi o da cobertura ao vivo do ato em Curitiba, que durou a tarde inteira e foi até o início da noite de sábado.

No total, o alcance das publicações das páginas monitoradas do PCO na internet, a respeito da cobertura do ato do dia 14, foi de um milhão de usuários.

Esses números exitosos são reflexo da cobertura que a imprensa do Partido fez na semana anterior e no dia do ato em Curitiba pela liberdade de Lula. O PCO fez uma ampla convocação na Internet e nas ruas para o ato, entendendo a sua importância para romper a paralisia da esquerda e mobilizar a população em defesa de suas reivindicações democráticas: liberdade para Lula, Fora Bolsonaro, eleições gerais, com Lula candidato e Assembleia Constituinte.

O número de acessos, visualizações e alcance (no total, quase um milhão de pessoas) reflete o acerto político em levantar essas bandeiras, bem como a popularidade do ato, que deve ser reproduzido e expandido por todas as capitais a nível nacional.

Os veículos de comunicação do PCO foram praticamente os únicos a noticiarem e a realizarem uma cobertura do ato pela liberdade de Lula, que contou com a participação de militantes de diversos partidos e organizações de esquerda, como o PT, o PCdoB, os Comitês de Luta Contra o Golpe, Comitês Lula Livre, da Frente de Lutas por Moradia, da Central de Movimentos Populares, de sindicatos como a APEOESP etc .

Nisso reside também a importância da imprensa operária e revolucionária, para ecoar a voz dos movimentos populares e transmitir as informações da luta operária e democrática, além de propagar as exigências da população.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas