Um ato de vanguarda
O hino internacional da classe operária foi entoado a plenos pulmões pelos militantes do PCO
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
IMG_8127
Centenas de pessoas marcaram presença nesse ato de vanguarda. Foto: DCO |

Da redação – Acaba de se encerrar o grandioso ato de 1º de Maio do Partido da Causa Operária (PCO), com todos os militantes cantando, em coro, o hino internacional da classe trabalhadora, A Internacional.

Trata-se de um encerramento simbólico, demarcando claramente a posição classista ao ato do PCO, vanguarda da classe operária, dos atos artificiais das chamadas “centrais sindicais” em que as centrais fantasmas e patronais pressionaram para aceitar-se a presença dos piores inimigos dos trabalhadores.

Ao contrário, o ato do PCO foi um ato independente, exclusivo dos oprimidos, como é e como deve ser um 1º de Maio. Não só isso, mas um ato dos trabalhadores brasileiros e do mundo todo, com A Internacional sendo entoada a plenos pulmões pelos militantes, expressando o profundo sentimento internacionalista do Partido.

Viva o 1º de Maio, Dia Internacional de Luta dos Trabalhadores!

Trabalhadores do mundo, uni-vos!

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas