Um ato de vanguarda
O hino internacional da classe operária foi entoado a plenos pulmões pelos militantes do PCO
IMG_8127
Centenas de pessoas marcaram presença nesse ato de vanguarda. Foto: DCO |

Da redação – Acaba de se encerrar o grandioso ato de 1º de Maio do Partido da Causa Operária (PCO), com todos os militantes cantando, em coro, o hino internacional da classe trabalhadora, A Internacional.

Trata-se de um encerramento simbólico, demarcando claramente a posição classista ao ato do PCO, vanguarda da classe operária, dos atos artificiais das chamadas “centrais sindicais” em que as centrais fantasmas e patronais pressionaram para aceitar-se a presença dos piores inimigos dos trabalhadores.

Ao contrário, o ato do PCO foi um ato independente, exclusivo dos oprimidos, como é e como deve ser um 1º de Maio. Não só isso, mas um ato dos trabalhadores brasileiros e do mundo todo, com A Internacional sendo entoada a plenos pulmões pelos militantes, expressando o profundo sentimento internacionalista do Partido.

Viva o 1º de Maio, Dia Internacional de Luta dos Trabalhadores!

Trabalhadores do mundo, uni-vos!

Relacionadas