Por Floyd e pelas favelas
Os participantes afirmaram que nas periferias os seus conhecidos vem sendo exterminados pela PM assassina
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
image_processing20200601-17512-eyevgd (1)
Manifestação era pacífica, com músicas, poesia, até a chegada da polícia e das bombas | Foto: Pedro Carrano

Nesta segunda-feira (1), foi realizada uma manifestação antirracista no centro de Curitiba (PR), que reuniu mais de mil pessoas, em sua maioria jovens. O protesto aconteceu em apoio às manifestações que ocorrem, nos Estados Unidos e na Europa, após o assassinato de George Floyd pela polícia assassina da burguesia.

Se revoltado contra o racismo presente na sociedade brasileira e a atual política de extermínio da população negra nois dois países, os jovens se concentraram na Praça Santos Andrade e alternando discursos, poesia e música protestaram contra o extermínio da  população negra também no mundo.

“Na luta antirracista, negros e brancos estão se unindo e se somam nas ruas na intenção de dar um basta ao racismo estrutural que assassina por ano milhares de pessoas negras pelo mundo”, afirmou uma das integrantes do ato.

“Meus amigos pretos na favela da Rocinha estão sendo mortos. E, resolvemos fazer algo”, afirma um dos responsáveis pela convocatória do ato. Varias entidades, organizações e coletivos organizaram a manifestação desta segunda-feira.

Após a chegada da polícia, que nada tinha que fazer lá, pois não havia violência, começaram  bombas. A organização fascista da burguesia provocou mais uma vez que a violência vem deles, do Estado, inimigos do povo.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas