Siga o DCO nas redes sociais

Até a ONU considera absurdo o que Doria fez na Cracolândia, e os coxinhas não
Até a ONU considera absurdo o que Doria fez na Cracolândia, e os coxinhas não

Após o ataque fascitoide que o prefeito direitista João Dória do PSDB, em conluio com o governo do Estado de SP, fez em meados de 2017 aos moradores de rua na região da Cracolândia, com direito a derrubar o teto de uma construção na cabeça de pessoas que estavam dormindo ali, a ONU (Organizações das Nações Unidas) que tenta manter uma aparência de defensora do Direitos Humanos no mundo, escreveu para que o Brasil se explicasse diante de tamanha barbaridade.

A carta da ONU endereçada ao governo golpista de Michel Temer foi enviada em 28 de agosto de 2017 e nunca foi respondida, levando os delegados da ONU publicarem a carta em sua página na internet, a fim de não se desmoralizar diante do descaso do governo golpista com a preocupação com a vida de pessoas pobres e abandonadas no mundo.

A ação fascista do governo do golpista João Dória contra a população da Cracolândia, região central da cidade de São Paulo, chocou a comunidade mundial envolvida na defesa dos direitos humanos, exigindo que a ONU se pronunciasse sob a situação.

Bastava que o governo golpista brasileiro enviasse uma justificativa porca, dizendo que se tratava de “excessos” de um governo local, para que a ONU, organização que apoia todo tipo de terrorismo dos países imperialistas contra os povos pobres do mundo, para “passar um pano” na questão.

No entanto, o governo golpista do Brasil, já recebeu só nesse período outras cinco cartas para justificar suas posições fascistas contra a vida do ser humano pobre no país, e se quer indignou-se a escrever uma resposta a ONU.

O episódio só deixa claro que a ONU não serve para nada, a nãos ser fazer demagogia com defensores dos direitos humanos, ao mesmo tempo que apoia governos que massacram o povo pobre em toda parte do mundo.

Em segundo lugar, que o governo golpista de Michel Temer está se lixando com os direitos humanos, pelo contrário, está aí justamente para garantir que governos fascistas ao estilo de João Dória possa fazer todo tipo de barbaridade contra a população, sem sequer precisar dar nenhuma explicação.