Até o Datafolha revela: política de Bolsonaro e dos golpistas se choca com os interesses do povo

previdencia-social-equipe-de-bolsonaro-prepara-reforma-da-previdencia-e-propostas-significam-destruicao-da-aposentadoria-1500px

Segundo pesquisa do Datafolha divulgada ontem (5/1), grande parte dos brasileiros são contra a destruição das leis trabalhistas e a entrega das empresas estatais às empresas privadas.

Segundo a mesma, 60% dos entrevistados discordaram totalmente ou em parte com a ideia de o governo vender o maior número possível de empresas públicas às empresas privadas.

Sobre a pergunta de se “é preciso ter menos leis trabalhistas”, ou seja, se os entrevistados concordam ou não com a destruição da leis trabalhistas, 57% discordaram totalmente ou em parte.

Outra pergunta da pesquisa foi sobre se mulheres ganharem menos do que os homens é um problema das empresas e não do governo. 51% discordaram sobre isso.

Outro fato interessante sobre essa pesquisa é que as pessoas mais ricas são favoráveis às privatizações e a destruição das leis trabalhistas, mostrando que esse programa é da burguesia e que o povo pobre é totalmente contrário a isso.

Há de se lembrar que essa pesquisa foi feita pelo Datafolha que pertence ao jornal golpista Folha de S. Paulo. O Datafolha é conhecidíssimo por manipular suas pesquisas principalmente em eleições.

O que se deve concluir sobre isso é o seguinte: se a pesquisa manipulada do Datafolha mostra que mais da metade população pobre é contra as privatizações e o fim das leis trabalhistas acontece que na realidade o número de rejeição é muito maior do que se consta. Esses números mostram a rejeição da população ao programa do ilegítimo Jair Bolsonaro que só está no poder porque os golpistas tiraram Lula da disputa eleitoral. Um governo resultado da fraude descarada.