Siga o DCO nas redes sociais

Carnaval
Militantes do PCO ajudam a organizar Carnaval Vermelho em Portugal
Baile aconteceu na sexta de carnaval como parte da programação do carnaval na cidade, contando com a presença massiva de brasileiros que moram no país
WhatsApp Image 2020-02-24 at 19.07.53
Carnaval
Militantes do PCO ajudam a organizar Carnaval Vermelho em Portugal
Baile aconteceu na sexta de carnaval como parte da programação do carnaval na cidade, contando com a presença massiva de brasileiros que moram no país
Foliões na Praça 8 de Maio, em Coimbra, Portugal
WhatsApp Image 2020-02-24 at 19.07.53
Foliões na Praça 8 de Maio, em Coimbra, Portugal

A cidade de Coimbra, no centro de Portugal, foi tomada pelo carnaval brasileiro neste ano de 2020. Em conjunto com o grupo Bloco do Beco, o coletivo Vozes no Mundo (que conta com militantes do PCO, PT, PSOL, PCB e demais militantes da esquerda) participou da organização do evento, ficando responsável pela organização de um baile de carnaval na sexta-feira, chamado de “Vermelho é a Cor Mais Quente”. O baile, que acontece mensalmente com o mesmo nome, recebeu muitos brasileiros que moram na região, além de portugueses e pessoas de outras nacionalidades, contando com muitos gritos “Fora Bolsonaro” e o famoso “Ei Bolsonaro VTNC”. A festa exibia imagens de figuras de esquerda em um telão, como: Lenin, Che Guevara, Lula e Marielle dentre outros, além de exibir imagens contra o fascista Jair Bolsonaro.

Já no domingo, dia 23, a festa continuou com a concentração de alguns blocos e seu desfile pelo centro histórico da cidade. O já mencionado coletivo Vozes no Mundo organizou um bloco chamado de “Bacalhau com Farofa”, participando da festa e agitando palavras de ordem como “Fora Bolsonaro” e outras, além da distribuição de adesivos, acompanhando assim a tendência de todos os blocos de carnaval no Brasil. A festa foi grande e movimentou a cidade de Coimbra, conhecida por ser uma cidade universitária.

Também houve programação de carnaval no sábado e na segunda. Hoje, os blocos voltam a se reunir no Terreiro da Erva às 14 horas e prometem repetir a festa e o escárnio contra Bolsonaro.
Já na Alemanha, Bolsonaro foi ridicularizado por um carro alegórico na tradicional festa de carnaval da cidade de Colônia. A imagem traz um Bolsonaro segurando um palito de fósforos com a bandeira do Brasil, enquanto foliões queimados sambam atrás dele. Um clara crítica às queimadas que ocorreram na Amazônia no ano de 2019, organizadas por latifundiários no chamado “Dia do Fogo”.

Imagem: Deutsch Welle

Além do carnaval, estão sendo criados vários Comitês Fora Bolsonaro em cidades europeias como: Coimbra, Frankfurt, Paris, Barcelona e etc.