Ataque imperialista: Israel joga bombas em cima da Síria

IAF-F-16

Mais uma vez o Estado de Israel demonstra seu caráter nazista contra a população árabe. O estado sionista bombardeou instalações militares na Síria, conforme confirmou o próprio exército de Israel.

O ataque foi efetivado perto dos povoados de Hader e Tel Qurum Jebba, na província de Quneitra, no sudoeste do país sírio. O sistema de defesa antiaérea da Síria repeliu os ataques. Além disso, no domingo, Israel atacou a base aérea T4, na província de Homs, também na parte oeste do país.

Fica claro que cada vez mais o Estado de Israel está folgado para atacar o povo árabe no Oriente Médio, como ficou claro com a repressão do povo palestino no início desse ano, quando milhares de palestinos desarmados foram assassinados pelo armamento altamente desenvolvido de Israel.

A crise no Oriente Médio e as brutalidades cometidas por Israel levam ao risco de uma unificação do povo árabe contra os israelitas. Isso dificultaria muito para o lado de Israel, que tem como aliado principal, naquela área, a Arábia Saudita, que por motivos culturais não poderia apoiar os judeus contra os árabes tão descaradamente, sob o risco de levar o país a uma profunda crise política.