COTV
Através dessas análises, o Partido da Causa Operária, o partido da Luta Contra o Golpe e de inspiração para os comitês de Luta Conta o Golpe, auxiliam a decidir a política correta
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
rui
Rui Costa Pimenta |

Análise Política da Semana com Rui Costa Pimenta, todo sábado tornou-se compromisso obrigatório para todo militante da esquerda nacional assistir.

Imperdível a análise deste sábado, 23/11/2019, transmitido pela COTV, a partir das 11:30 horas, ou a qualquer tempo, já que vídeos, ficam disponíveis livremente nesse canal do youtube.

Análise que costuma durar cerca de duas horas, entre a exposição analítica de Rui Costa Pimenta, e a seguir debate com os presentes no CCBP Centro Cultural Benjamin Peret, em São Paulo, durou nesse sábado, 23/11/2019, quase quatro horas no Rio de Janeiro, em auditório lotado que não cansava de atentamente ouvir a explanação e a seguir o debate entre participantes e o presidente do Partido da Causa Operária, o PCO.

“Já disse à direção do PT, o meu partido, para nenhum compromisso político o partido marcar nesse horário. Sábado, do meio dia às tres da tarde, religiosamente, não perco uma só análise política com Rui Costa Pimenta”. (Militante do PT/RJ, recepcionando militância do PCO e dos Comitês de Luta Contra o Golpe, que desembarcavam no RJ, com jornais Causa Operária, com a sugestiva manchete “Ocupar o RJ contra o Golpe”.

Tivesse o PT, sua direção, Dilma, e até Lula, assistido essas análises desenvolvidas pelo “melhor analista político do Brasil, quem sabe até do mundo”, como alguém nesta sábado, 23/11/2019, no RJ, se manifestou em relação às análises de Rui Costa Pimenta, –  ao menos desde 2012, e talvez a situação política nacional fôsse outra.

Em retrospectiva, análise política toda semana de Rui, já alertava na eleição municipal, e início do julgamento ao vivo pelo STF, do “Mensalão do PT”, que estava em preparação Golpe de Estado da direita contra o governo do PT.

Podia também antes, em 2010, ter visto a denúncia por Rui, que a Lei da Ficha Limpa, era início, era preparação para o Golpe, e essa Lei, iria ser usada contra a esquerda. Profético alerta por Rui. Direita, usou na eleição de 2018, a Lei da Ficha Limpa aprovada no governo Lula, com as bênçãos do PT e de toda a esquerda, para barrar candidatura de Lula à presidente em 2018.

Análises semanais são análise criteriosa, marxista, sobre os acontecimentos políticos do Brasil e do mundo. São também a mais completa aula de educação política para toda a esquerda nacional.

Através dessas análises, o Partido da Causa Operária, o partido da Luta Contra o Golpe e de inspiração para os comitês de Luta Conta o Golpe, auxiliam a decidir a política correta a desenvolver pela esquerda nacional.

Enquanto toda a esquerda brasileira “bate cabeça”, pois “os ventos nunca são favoráveis para quem não sabe onde quer chegar”, este não é o caso do Partido da Causa Operária e dos comitês de Luta Contra o Golpe, que são os únicos a “não bater cabeça”. Sabem onde se quer chegar.

Daí sobre a prática dessa correta orientação política, de sempre Lutar Contra o Golpe, Pela Anulação do Impecheament, por Lula ou nada, pela Liberdade de Lula, logra as primeiras vitórias, com a liberdade de Lula, e o vigoroso crescimento do Partido da Causa Operária, e principalmente a enorme influencia do partido em toda a esquerda nacional.

A Luta Continua

Agora após Lula Livre, a luta é pela anulação de todos os processos contra Lula, pelo fim da Lava Jato, por Fora Bolsonaro, por eleições gerais já, por constituinte.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas