Privatização da ECT
Assembleias dos correios aprovam greve nacional contra Bolsonaro
36 assembleias nos Correios aprovam greve por tempo indeterminado para impedir a destruição da ECT
IMG-20190910-WA0322
Privatização da ECT
Assembleias dos correios aprovam greve nacional contra Bolsonaro
36 assembleias nos Correios aprovam greve por tempo indeterminado para impedir a destruição da ECT
assembleia da categoria
IMG-20190910-WA0322
assembleia da categoria

Nesta terça-feira  (10-09) os trabalhadores dos Correios tralizaram 36 assembleias da categoria e com cerca de mais de 10.000 funcionários, aprovaram greve por tempo indeterminado contra a privatização da ECT.

A greve acontece na campanha salarial da categoria, mas a proposta da ECT de cortar direitos e benefícios dos trabalhadores está voltada a levar a empresa para privatização, porisso a greve ganhou um caráter político, contra o governo golpista de Jair Bolsonaro.

Os trabalhadores dos Correios é a primeira  categoria a sair em greve contra o governo golpista de Jair Bolsonaro, e pode ser a alavanca de uma greve geral contra as privatizações indicadas pelo Ministério da Economia dos golpistas.

No entanto é preciso que os trabalhadores dos Correios leve essa discussão a categoria, transformar a greve em uma campanha Nacional pelo Fora Bolsonaro e todos os golpistas e pela Liberdade de Lula, com novas eleições.

A greve dos Correios pode aumentar a crise do governo Bolsonaro e é nisso que os ecetistas devem se apoiar para levar o enfrentamento dos trabalhadores contra a privatização dos Correios.