Assembleias de petroleiros estão aprovando greve

04-05-ARAUCRIA

Está em andamento em todo o País a realização de assembleias de petroleiros nas mais diversas unidades de produção da Petrobrás.

Desde o golpe de 2016, a Petrobras vem sendo sucateada e vendida ao capital estrangeiro usando-se a desculpa de reestruturação da empresa para ganhar competitividade no mercado, mas com a atual administração golpista é justamente isso que se esta perdendo.

É bom lembrar que o petróleo é, ou deveria, ser monopólio estatal, dada a sua importância estratégica em qualquer economia baseada do carbono.

E no meio desse turbilhão de acontecimentos que os trabalhadores do sistema Petrobras começam a perceber que eles também estão na mira dos golpistas, com a aprovação da lei da terceirização e da reforma trabalhistas seus empregos estão com os dias contados, no mínimo seus salários serão reduzidos.

E é nesse sentido que é importante a mobilização dos trabalhadores para aprovação da greve dos petroleiros. Essas assembleias garantem o apoio para que a paralização seja bem sucedida, o embate não será fácil e a FUP pode esperar o pior por parte do governo e de seu aparato de repressão e de pressão.

É preciso unificar esta mobilização com a luta pela liberdade de Lula e contra o golpe de Estado, dentre outros meios somando esforços na construção de comitês de luta contra o golpe entre os petroleiros para que a sua luta se integre as demais lutas, somente com a união de todos os trabalhadores de todas as categorias será possível derrotar o golpe e reestatizar a Petrobras, colocá-la sobre o controle dos trabalhadores e nacionalizar o petróleo e toda a riqueza mineral do País.