Venezuela
Nova lei dá ao governo mecanismos para fazer enfrentar o bloqueio econômico, comercial e financeiro do bloqueio dos Estados Unidos ao país
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
venezuela
Bandeira da Venezuela | Foto: Reprodução

A Assembleia Nacional Constituinte (ANC) da Venezuela aprovou nesta quinta-feira (8) em sessão extraordinária o projeto de Lei Antibloqueio. O presidente do órgão legislativo sublinhou que com a Lei Antibloqueio “começa uma nova etapa na vida económica do país”.

A lei contempla medidas para neutralizar os efeitos do bloqueio, fomentar o desenvolvimento nacional e garantir os direitos humanos. Durante os debates, foram destacados aspectos da Lei, como a criação de um sistema de compensação de salários e rendimentos reais dos trabalhadores e as medidas para o equilíbrio econômico e produtivo da nação.

“Estamos em uma guerra, mas também em um processo constituinte. Esta Assembleia Constituinte restaurou a paz e promulgou leis fundamentais”, alertou o advogado constitucional Hermann Escarráa, enfatizando que “não aprovar essa lei é ser contra a revolução. Aprová-la é amar a pátria”, informa a Telesul.

Por sua vez, o presidente da Assembleia Constituinte, Diosdado Cabello, afirmou que “esta Lei é um instrumento de proteção da economia do país, em face dos constantes ataques do governo dos Estados Unidos, que procuram desestabilizar o país”.

Da mesma forma, negou os comentários sobre a inconstitucionalidade do projeto de lei, afirmando que ele “garante” a Constituição e faz parte dela. “Não temos que fornecer ao nosso presidente um instrumento para defender os venezuelanos das ameaças do governo norte-americano?” – questionou.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas