Menu da Rede

Região Sul registrou atos em mais de uma centena de cidades

Momento decisivo

As ruas definirão as eleições de 2022

O Brasil anda numa corda bamba, típico dos períodos de altíssima polarização.

O que define Lula como o melhor candidato para 2022 é o apoio dos trabalhadores – foto: reprodução

Publicidade

A corrida eleitoral já começou, Freixo e Dino foram para o PSB. Lula foi ao Rio de Janeiro e lá tentou costurar uma aliança. Fez reunião com Paes, Freixo, Molon e Jandira, também se reuniu com lideranças de comunidades. Maia foi expulso do DEM e Bolsonaro está percorrendo o Brasil promovendo atos e “motociatas”. Há muita movimentação sendo feita, e a melhor estratégia está sendo a de Bolsonaro, infelizmente.

Enquanto os eleitoreiros Freixo e Dino mudam de partido por carreirismo, pressionados com a cláusula de barreira, Lula esboça a velha estratégia viciada de tentar um acordo com o centrão, que hoje afunda como o Titanic. Bolsonaro por outro lado está a todo vapor com sua base eleitoral. Cada “motociata”, cada ato e cada aceno que Bolsonaro faz à sua base é um prego a mais no caixão do velho centrão e um cano a mais apontado na cara da esquerda. A extrema-direita entendeu que política se faz nas ruas.

Lula é a única figura política maior que Bolsonaro, de uma maneira até desproporcional, porém a política da esquerda não aproveita esse enorme potencial. Se o ex-presidente estiver presente nas ruas hoje, dia 19 de junho, será um ganho enorme para o movimento de esquerda. Um começo poderoso para as eleições de 2022. As manifestações que começaram no dia 1º de maio e que se estenderão nos próximos meses são a chave para as eleições do ano que vem. Agora está sendo definido quem está mais forte politicamente, a esquerda, os trabalhadores e o povo, ou a extrema-direita, o imperialismo e a burguesia.

As manifestações estão mudando a correlação de forças, então devemos dedicar a elas todas as nossas energias. Obviamente, por si só elas não vão derrotar a direita, para isso é preciso sair fortalecido delas. A construção de um partido revolucionário, de uma vanguarda consciente deve ser o foco de todos aqueles que entendem que a mobilização não é um fim mas um meio. De todo modo, a tarefa do momento é fortalecê-las e mostrar aos golpistas que o povo está disposto a enfrentá-los nas ruas.

As eleições se aproximam e quanto mais tempo dermos para Bolsonaro e a burguesia se recomporem e organizarem uma investida forte contra os talhadores, mais certos estaremos de perder a oportunidade que surgiu diante de nós. O centrão que a esquerda tanto busca já deixou claro, claríssimo até, que Bolsonaro será seu candidato caso não encontrem uma 3ª via; seja um Doria ou algum outro fascista. Inclusive, não devemos descartar a possibilidade de que Bolsonaro seja apoiado no primeiro turno.

Lula deve se apoiar nas manifestações do momento e transformá-las nos alicerces de uma candidatura dos trabalhadores contra a burguesia. Será essa sua única defesa e sua melhor arma contra as intenções golpistas dos imperialistas.

O Brasil anda numa corda bamba, típica dos períodos de altíssima polarização, por um lado podemos sofrer um duro golpe militar, que já está sendo orquestrado por Bolsonaro, por outro, temos a oportunidade de derrubar o regime golpista e entrar em um verdadeira onda revolucionária em todo continente.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Cultura

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.