Fora Bolsonaro
Mesmo com tentativa de manobra por parte de representantes da frente ampla, PCO levou suas bandeiras e realizou o ato
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Bloco do PCO marchando ao MASP
Passeata até o MASP. | Arquivo DCO.

O ato pelo fora Bolsonaro e contra o fascismo em São Paulo foi marcado pela tentativa de imposição por parte do chamado “movimento somos democracia” de que os partidos, em particular o PCO, não levassem bandeiras. Logicamente, o PCO se recusou a adotar tal medida bolsonarista e os movimento “somos democracia” chamou a PM para dizer que não iria se misturar com o PCO.

Leia mais: A operação eleitoreira e antidemocrática no ato em São Paulo

Como já estava claro desde que Guilherme Boulos havia se apoderado indevidamente dos atos, retirando-os da avenida Paulista, é a tentativa de manobrar para esvaziar o ato e mais ainda para uma operação da golpista frente ampla.

A tentativa de abaixar a bandeira do PCO está relacionada à cor verde e amarela no ato. Está claro que essa política é orquestrada pela própria golpista Folha de S. Paulo, que logo depois lançou uma matéria afirmando que o amarelo era a cor da campanha pela democracia.

Uma operação golpista em benefício da frente ampla da qual Boulos é signatário.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas