Menu da Rede

Cuba Márcia Choueri

Uma esquerda bolsonarista?

Já é de praxe vermos a direita rosnar histérica após um bom protesto chamado pela esquerda. Seja em defesa das pobres vidraças do banco Itaú, ou denunciando uma covarde agressão à polícia que mais mata no mundo, é certo que a direita, após uma manifestação onde o povo mostra a verdadeira face do seu ódio contra o regime burguês, vai estar nos grandes veículos de imprensa atacando a multidão com dizeres como: vândalos, vagabundos, agressores e entre outros adjetivos pejorativos de uso tradicional da direita.

Que esses são os métodos e a política da direita não é surpresa para ninguém, mas não seria estranho ver a esquerda tendo a mesma política? Mesmo sabendo que os tais “baderneiros” nada mais são do que o mesmo povo que ela convocou para as ruas, radicalizado contra a ordem vigente? 

Isso é de fato bizarro, mas claramente não é impossível, já que está acontecendo agora nos bastidores do movimento Fora Bolsonaro que está nas ruas. Vemos um setor dessa esquerda, através de elementos rebaixados, como o Sr. Renato Rovai, atacando o PCO, partido de vanguarda e que canaliza essa revolta popular, com uma virulência característica dos porta-vozes da direita nacional. Rovai acusa os militantes do partido de serem vagabundos, agressores, ladrões… e vândalos! Uma obediência perfeita à cartilha tradicional do partido da imprensa golpista. É de se tirar o chapéu para os adestradores da burguesia por fazerem um trabalho tão bem feito de treinar os seus animais de estimação!

O ataque ao PCO por si só já é simbólico, mas ao vermos que atacam os militantes do partido como se fossem marginais de rua, vemos a aversão do pequeno-burguês àquilo que pertence à classe operária. Uma conduta policialesca e direitista dessas vai na contramão da tendência das bases, que diante da situação esmagadora à qual estão colocadas, externam a sua revolta através dessas manifestações radicais que essa esquerda “bolsonarista” procura condenar de todas as formas possíveis, desde notas agressivas na sua imprensa, até a denúncia formal para o aparato de repressão burguês, como vimos com o caso dos black bloc, que depredaram de alto à baixo a Rua da Consolação, e essa esquerda, num ímpeto direitista, pede prisão a esses jovens revoltados que estão nas ruas revoltados.

O PCO, apesar de não defender como método o terrorismo individual, que nesse caso se expressa através do vandalismo, tem sensibilidade para notar que esse é o modo que esses jovens encontram para expressar o seu ódio diante da opressão do regime capitalista, e apesar de não compactuar com as suas práticas, vê os manifestantes no seu direito à manifestação e repudia qualquer tentativa de censura àqueles que compõem o movimento. Censurar os “vândalos” não só é uma capitulação diante da direita, que é quem condena a revolta popular, mas é uma tremenda insensibilidade com a situação do povo, que há tempos está abandonado, à mercê do governo Bolsonaro, por essa mesma esquerda que agora condena o povo revoltado.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores
O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Cultura

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.