Menu da Rede

Nordeste saiu às ruas pelo fora Bolsonaro

Nova manobra dos golpistas

O semipresidencialismo é uma nova tentativa de golpe

Com o agravamento da crise política, a direita golpista busca uma nova alternativa para manter o regime contra os trabalhadores

O presidente da Câmara, Arthur Lira, junto com seu antecessor, Rodrigo Maia – Foto: reprodução

Publicidade

Recentemente, o presidente da Câmara dos Deputados, o bolsonarista Arthur Lira, apresentou uma discussão que está causando um grande alvoroço dentro do Congresso Nacional e que está agradando a direita golpista. A proposta de Arthur Lira pretende mudar o sistema de governo nacional, inserindo a figura de um primeiro-ministro controlado pela Câmara, aumentando muito o poder do Congresso Nacional e manteria a figura do presidente da República, mas sem nenhum poder político.

A proposta de Lira foi bem aceita pela direita golpista e vem de encontro com o agravamento da crise política no Brasil. Com inúmeros pedidos de impeachment na gaveta de Arthur Lira e o crescimento do movimento pelo Fora Bolsonaro nas ruas, a inviabilidade da criação de uma terceira via e o aumento do apoio a Lula, e em caso de eleições minimamente democráticas em 2022 a volta de Lula. É uma manobra para retirar poderes do presidente e manter o poder nas mãos da direita golpista e a manutenção dos ataques aos trabalhadores.

Isso porque a direita não está encontrando uma alternativa à situação atual e está buscando manter-se no controle da situação, principalmente com a possibilidade de Lula chegar à presidência da República. Estão buscando uma terceira via, caso não haja uma terceira via, irão buscar manter o apoio a Jair Bolsonaro, em um acordo com o presidente fascista na tentativa de não perder as rédeas do regime. Ou seja, é o aprofundamento do golpe e é preciso ser amplamente rejeitado.

É preciso entender que o semipresidencialismo apresentado pela direita é a posição de fortalecer os representantes da burguesia. Juntamente com outras medidas implantadas recentemente para controlar ainda mais os partidos políticos, como restrições para fundo partidário, fim da participação do horário eleitoral, servem para aumentar o controle da burguesia das instituições e “sumir” com partidos que não estão alinhados com o regime atual. Devido ao aumento da crise política, querem transformar a representação política em um monopólio das grandes máquinas eleitorais da burguesia.

A direita está armando mais esse golpe para evitar uma nova derrota no ano que vem e evitar de qualquer maneira que Lula vença as eleições ou, se vencer, que ele não consiga governar. Essa nova medida apresentada pela direita revela que não há a menor possibilidade de derrotar o governo Bolsonaro e o regime golpista com setores da direita como PSDB, PDT, PSB e outros partidos da direita porque apoiam essas medidas.

Não há saída para os trabalhadores e explorados dentro do regime golpista. Contra mais esse golpe fica evidente que é necessário reforçar as manifestações e trazer cada vez mais a classe trabalhadora para as ruas contra Bolsonaro através das organizações reais da classe trabalhadora como a CUT e o MST.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Cultura

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.