Menu da Rede

Veja quem são os principais candidatos do PCO no Sul do País

  • Capa
  • Artigo
  • Rússia e Bielorrússia tentam se defender da OTAN na fronteira

Ameaça imperialista

Rússia e Bielorrússia tentam se defender da OTAN na fronteira

Os dois países são ameaçados pelo imperialismo, inclusive militarmente

Forças armadas russas – Reprodução

Receba o DCO no Email

─ Prensa Latina ─ A porta-voz do Ministério das Relações Exteriores russo Maria Zakharova disse hoje que seu país e Belarus são obrigados a responder ao aumento das forças nas fronteiras de sua aliança no Estado da União.

Disse que Moscou e Minsk estão preocupados com a crescente presença militar da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) ao longo das fronteiras da Bielorrússia, que, segundo ela, também são a área de influência da Organização do Tratado de Segurança Coletiva (OTSC).

O representante do Ministério das Relações Exteriores da Rússia indicou que a Polônia, a Lituânia e a Ucrânia estão deslocando forças armadas de segurança, equipamentos e construção de infraestrutura para esses territórios.

Expressou que a Rússia e Belarus devem responder adequadamente a esta situação, inclusive através de patrulhas conjuntas no espaço aéreo, treinamento regular e outras ações de defesa.

De acordo com Zakharova, nem a propaganda ocidental nem os representantes dos círculos políticos e funcionários do Estado comentaram de forma alguma sobre tais manobras provocatórias.

Observou, entretanto, que as medidas de resposta de Moscou e Minsk para reforçar a segurança de seus países foram vistas como uma manifestação de agressão, referindo-se à próxima inspeção surpresa das forças de reação rápida do Estado da União e ao exercício da Resolução Aliada 2022, agendado para 10-20 de fevereiro.

“Ao contrário de nossos colegas ocidentais, não escondemos nossos planos, agimos abertamente, explicamos, respondemos perguntas e, no âmbito da transparência voluntária, relatamos ações destinadas a fortalecer a defesa conjunta do Estado da União”, enfatizou.

A este respeito, observou ironicamente que os Estados Unidos já conseguiram publicar outro “thriller” sobre o suposto ataque russo à Ucrânia a partir do território da Bielorrússia.

“Não há dúvida de que a propaganda ocidental ensaiará furiosamente esta narrativa de Washington nas próximas semanas”, disse.

Zakharova advertiu que o objetivo de tais ações poderia ser gerar uma matriz de opinião para a preparação de seus próprios planos provocatórios em larga escala, cuja implementação, disse ela, poderia ter as consequências mais graves.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Outros

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.