Burguesia não está disposta a deixar Lula governar para o povo

  • Capa
  • Artigo
  • MP-GO pede MEC que implante o “Escola com fascismo”

Ditadura

MP-GO pede MEC que implante o “Escola com fascismo”

Conjunto de medidas que visa reprimir a liberdade de pensamento e expressão nas escolas e espaços públicos no Estado

Escola sem partido, apelidado de escola com fascismo – projeto de extrema-direita para a educação. – Charge de Latuff, 2016.

Receba o DCO no Email

A direita se aprofunda nos ataques aos estudantes. O Ministério Público de Goiás quer instaurar canais para envio de denúncias de atos políticos em instituições de ensino, traduzindo: uma medida dos ”grandes” procuradores do MPF que pedem ao MEC – Ministério da Educação do governo genocida para implantar logo o Escola com Fascismo, o conjunto de medidas que visa reprimir a liberdade de pensamento e expressão nas escolas e espaços públicos no Estado.

Com oficio encaminhado no inicio deste mês para o MEC ”para que disponibilize canais físicos e eletrônicos para envio de denúncias sobre a realização de atos de natureza político-partidária, mediante o uso de prédios, equipamentos, redes de comunicação, imagem, símbolos institucionais de instituições públicas de ensino”, tudo isso deixa muito claro como os membros da justiça, no caso o MP, são tão fascistas quanto o Bolsonaro e outros loucos da extrema-direita.

Em tempos em que a esquerda tem ilusões com a instituições e defende até os dentes o STF, mesmo tomando decisões arbitrárias que podem se virar contra a própria esquerda, é preciso deixar claro que eventos como esse mostra que são todos inimigos da população, então, é preciso deixar claro que os movimentos estudantis, os partidos, e a própria esquerda organizada de conjunto não deve buscar se articular a direita golpista, como a UBES, UNE e UMES tem feito em São Paulo, capitulando vergonhosamente.

Os estudantes, professores e funcionários das universidades que se manifestam contra o governo ilegítimo e continuação do golpe de Jair Bolsonaro (ex-PSL, atual sem partido) são perseguidos por se posicionarem politicamente, seja contra o governo golpista ou defendendo meros princípios democráticos elementares como o regime tripartite – em que todas as partes tem voto igual nas decisão de eleições, o meio mais democrático.

O presidente da Une diz: “Não é de hoje que tentam criminalizar o movimento estudantil e acabar com o pensamento crítico. Por isso é importante estarmos sempre vigilantes. Somos o alvo principal desde que o MEC se transformou em um quartel general ideológico, mas não vamos deixar nos calarem”, afirmou Iago Montalvão.

Mas não se trata de ”estar vigilante”, e sim buscar mobilizar os estudantes contra o genocídio do retorno presencial às aulas e contra o avanço da extrema direita sobre os direitos democráticos dos estudantes, professores e da população em geral.

É isso que a União Nacional dos Estudantes, maior órgão representante dos estudantes deveria estar fazendo agora, não apenas demagogia que combateram o Escola Sem Partido, o que de fato não é verdade, pois não chamaram atos nas ruas, na prática não fizeram nada, só ficaram nas redes sociais, o que é completamente nulo de um ponto de vista da política concreta.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.