Menu da Rede

Em ação criminosa da polícia, dois homens são executados em MG

Lutar agora

Contra a privatização, greve com ocupação dos Correios

Sem uma enorme mobilização e ações radicais, Bolsonaro e os golpistas vão entregar a empresa para os capitalistas estrangeiros

Assembleia dos trabalhadores – Arquivo

A privatização dos Correios está sendo levada adiante pelo governo Bolsonaro com a ajuda de todos os golpistas. Todos os partidos da direita no Congresso Nacional estão votando juntos para aprovar a privatização dos Correios.

Esse é o objetivo de Bolsonaro e do chamado “centrão” quando deram o golpe de Estado em 2016 e fraudaram as eleições em 2018. Eles são verdadeiros capachos dos capitalistas internacionais e querem entregar a preço de banana uma das maiores riquezas do povo brasileiro, conquistada pelos trabalhadores.

Estão todos juntos para devastar as riquezas do povo brasileiro. Querem entregar 100% do serviço de Correios para as mãos de algum capitalista, provavelmente estrangeiro, que vai lucrar à custa do povo brasileiro. A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) é a única que chega aos mais de 5 mil municípios do País, uma empresa que tem a capacidade, graças aos seus cerca de 150 mil funcionários, de prestar uma série de serviços de correspondência e logística.

O brasileiro conhece bem o resultado da privatização. Aumento dos preços dos serviços e, ao mesmo tempo, a piora destes serviços. Todos já viram esse filme com a telefonia, os serviços de energia, água e outros que foram total ou parcialmente terceirizados.

Para os trabalhadores da empresa, cerca de 150 mil entre concursados e terceirizados, restará, para a maioria deles, a demissão. Para os poucos que ficarem, a diminuição dos salários e benefícios e o corte de direitos.

A privatização dos Correios é o maior crime cometido pelos golpistas em décadas! Os trabalhadores e seus familiares nunca estiveram tão ameaçados.

Para impedir esse crime, é preciso que as mobilizações contra Bolsonaro se intensifiquem. Os sindicatos dos Correios e Federação Nacional dos Trabalhadores (Fentect) devem ir para os setores de trabalho chamar a categoria para sair às ruas. A CUT deve ajudar na mobilização convocando as demais categorias a defenderem os Correios, chamando também os trabalhadores da Eletrobrás e outras empresas que estão na mira da privatização.

Mas não é só isso. Os sindicatos da categoria precisam organizar já uma greve nacional com ocupação dos setores de trabalho. Uma simples paralisação não será suficiente para frear a privatização. Será preciso radicalizar nos setores de trabalho. Só a força dos trabalhadores pode derrotar Bolsonaro e a direita golpista.

A situação é muito grave. Não dá para perder tempo. É preciso uma mobilização urgente da categoria contra esse ataque brutal às condições de vida dos trabalhadores.

Contribua com a luta dos trabalhadores acessando o link abaixo:

http://vaka.me/2097153

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores
O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Cultura

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.